Português Língua Estrangeira - C1



Cristina Martins (Coordenação)

Professora Auxiliar do Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, é doutorada em Linguística Aplicada pela mesma universidade com a tese Línguas em contacto: “saber sobre” o que as distingue. Análise de competências metalinguísticas de crianças mirandesas em idade escolar (2004). Tem desenvolvido investigação nas áreas do bilinguismo e contacto de línguas, aquisição/aprendizagem de L2, desenvolvimento metalinguístico, processamento psicolinguístico e avaliação neuropsicológica. No âmbito da atividade docente, tem lecionado disciplinas de Língua Portuguesa, quer como língua materna, quer como L2, Aquisição e Aprendizagem de L2, Psicolinguística, Linguística Aplicada ao Ensino de Línguas, Fonética, Fonologia e Morfologia do Português. É diretora do 2º ciclo em Português como Língua Segunda e Língua Estrangeira e foi codiretora dos Cursos de Português Língua Estrangeira da FLUC (2015-2018) . Foi, entre 2007 e 2009, coordenadora científica do Centro de Estudos de Linguística Geral e Aplicada (CELGA). Coordenadora, docente e autora do curso Aprendizagem e Ensino de Português Língua Não Materna realizado na modalidade a distância pela Universidade de Coimbra (13 edições).


Isabel Falé (Coordenação)

Professora Auxiliar do Departamento de Humanidades da Universidade Aberta é doutorada em Psicolinguística pela Universidade de Lisboa com a tese Percepção e Reconhecimento da informação prosódica em Português Europeu (2006). Membro integrado do Centro de Linguística da Universidade de Lisboa é, atualmente, Investigadora Responsável pelo grupo do Laboratório de Psicolinguística. Tem desenvolvido investigação nas áreas da fonética e da psicolinguística (processamento da linguagem na leitura) e participado em vários projetos de investigação nacionais e internacionais financiados pela FCT e pelo programa Erasmus +, quer como investigadora principal quer como membro da equipa. É membro da ação COST “Evolution of reading in the age of digitization” (E-READ). É Coordenadora do Mestrado em Estudos de Língua Portuguesa e Vice-Coordenadora do Mestrado em Português Língua Não Materna.


Isabel Santos (Coordenação)

É Professora Auxiliar do Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e doutorada em Linguística Portuguesa pela mesma universidade, com a tese Norma e codificação. A produção linguístico gramatical portuguesa (2006). Tem desenvolvido investigação fundamentalmente nas áreas da variação e mudanças linguísticas, da historiografia gramatical e da aquisição / aprendizagem do português língua não materna. No âmbito da atividade docente (1.º, 2.º e 3.º ciclos), tem lecionado disciplinas de linguística portuguesa (fonética, fonologia, morfologia, variação linguística e história da língua) e de língua e comunicação oral no contexto dos cursos de português para estrangeiros lecionados na FLUC. É subdiretora do 2º ciclo / Mestrado em Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS) e é membro do Centro de Estudos de Linguística Geral e Aplicada (CELGA-ILTEC) da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.


Conceição Carapinha

Doutorada em Linguística Portuguesa, com a tese intitulada Contributos para a Análise da Linguagem Jurídica e da Interacção Verbal na Sala de Audiências (2006), é Professora Auxiliar do Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. É investigadora do CELGA-ILTEC e tem desenvolvido investigação nas áreas da Linguística Jurídica, da Pragmática, da Análise do Discurso e da Linguística Textual e ainda da Tradução. No âmbito da atividade docente, leciona disciplinas de Língua Portuguesa, sobretudo relacionadas com os usos linguísticos, e é também docente do Curso Anual de Língua e Cultura Portuguesas para Estrangeiros. É codiretora do 2.º ciclo em Ensino de Português no 3º ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário. Entre 2011 e 2013 foi coordenadora científica do Centro de Estudos de Linguística Geral e Aplicada (CELGA).


Isabelle Marques

Isabelle Simões Marques é Leitora convidada na Universidade Aberta. É doutorada em Études Portugaises/Linguística-Analíse do Discurso pela Université Paris 8 (França) e pela Universidade Nova de Lisboa (cotutela). É autora de uma tese sobre o plurilinguismo no romance português contemporâneo (2009). É Investigadora Doutorada do Centro de Linguística da Universidade Nova de Lisboa (CLUNL) e é Membro Associado do Laboratoire d´Études Romanes da Université Paris 8 (França) e do Centro de Línguas, Literaturas e Culturas da Universidade de Aveiro (CLLC). Tem desenvolvido investigação nas áreas do bilinguismo/plurilinguismo, do contacto de línguas, da aquisição/aprendizagem de L2 e das representações linguísticas. No âmbito da atividade docente, tem lecionado disciplinas de Língua Francesa como L2 e tem participado em várias ações de formação direcionadas para o ensino das línguas estrangeiras (FLE e PLE).


Luís Carlos Pimenta Gonçalves

É doutorado em Estudos Comparados pela Universidade da Sorbonne nouvelle - Paris III, Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas – variante de Estudos Franceses e Portugueses pela mesma universidade. Foi docente de tradução e de Português Língua estrangeira na Alliance Française de Lisboa. É atualmente docente da UC de Literatura Portuguesa (sécs. XIX e XX) do Doutoramento em Estudos Portugueses da Universidade Aberta, assim como da UC de Metodologia do Trabalho Científico do Mestrado em Estudos Portugueses Multidisciplinares. É investigador no Instituto de Estudos de Literatura e Tradição (IELT) da FCSH/UNL e colaborador do Centro de Estudos de Migração e Relação Internacionais (CEMRI) da UAb. É coordenador do 1º ciclo em Línguas Aplicadas e vice-coordenador do 3º ciclo em Estudos Portugueses. É diretor do Departamento de Humanidades da UAb.


Mário Filipe da Silva

Professor Auxiliar na Universidade Aberta, Departamento de Humanidades, é doutorado em Estudos Portugueses - Política de Língua pela Universidade Aberta, com a tese Promoção da Língua Portuguesa no Mundo - Hipótese de Modelo Estratégico (2006). Trabalha em Português Língua Estrangeira (PLE) desde 1988, como docente e investigador em Macau (1988-1993). Em Portugal, tem participado em projetos Europeus apoiados pela Comissão Europeia, no âmbito das línguas e culturas de negócios nas PME exportadoras e também da difusão e promoção do multilinguismo na Europa. Membro da Direção do Instituto Português do Oriente (IPOR) - Região Administrativa Especial de Macau, R. P. China (2000-2002), vice-presidente do Instituto Camões (2010-2012), atual Instituto da Cooperação e da Língua, IP. Investigação ligada ao português para falantes de outras línguas, e, nos últimos 15 anos, à Política de Língua e ao seu Planeamento. Vice-Coordenador Científico Centro de Estudos das Migrações e das Relações Interculturais (CEMRI).


Ricardo Salomão

Dedica-se ao Português Língua Estrangeira (PLE), em Macau, desde 1987. Propõe a criação do Centro de Difusão da Língua Portuguesa, pertencendo depois à sua Comissão Instaladora até 1990. Em 1994, é professor na Universidade de Shantou, RPC. Em 1997-98 supervisiona o Laboratório Multimédia do IPOR (Instituto Português Do Oriente). Mestrado, orientado pelo Prof. Malaca Casteleiro explora o ensino online de PLE. A partir de 1998, na Universidade Aberta, em Lisboa, desenvolve um Projecto de ensino online com Cabinda. Coordena vários Projetos Europeus, em colaboração com o Prof. Stephen Hagen, sob cuja orientação elabora a sua tese de doutoramento no âmbito do Planeamento Linguístico. Coordena o Mestrado em Português Língua Não Materna na universidade Aberta.


Sara Sousa

Professora Auxiliar Convidada do Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, é doutorada em Língua Portuguesa: Investigação e Ensino pela mesma universidade com a tese Contributos para o estudo da refutação em Português Europeu Contemporâneo. Tem desenvolvido investigação nas áreas da Semântica, Pragmática, Tradução e Linguística Aplicada ao Ensino de Português como língua não materna. É docente dos Cursos de Português para Estrangeiros da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra desde 2003. É ainda investigadora no CELGA-ILTEC (Centro de Estudos de Linguística Geral e Aplicada – Instituto de Linguística Teórica e Computacional).


Tânia Ferreira

Professora Auxiliar Convidada do Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC) é doutorada em Linguística do Português: Investigação e Ensino pela mesma universidade com a tese Aquisição/aprendizagem do sistema de atribuição de género nominal em PLNM. Tem especial interesse pela investigação na área da Linguística Aplicada ao Ensino do português como língua não-materna, dando ainda apoio a Projetos de investigação desenvolvidos no Centro de Linguística Geral e Aplicada (CELGA-ILTEC) da FLUC. No que respeita à atividade docente, lecionou, entre 2013 e 2015, disciplinas de língua portuguesa como língua não materna em Pequim, na Universidade de Economia e Negócios Internacionais, estando, desde 2017, a lecionar nos cursos de português para estrangeiros da FLUC.


Ana Cristina Macário Lopes

Professora Catedrática do Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, é doutorada em Linguística Portuguesa pela UC (1992). As suas áreas preferenciais de investigação são a Linguística Portuguesa, nomeadamente nas subáreas da Semântica e da Pragmática, a Linguística do Texto e a Linguística Educacional. No âmbito da atividade docente, tem lecionado disciplinas de Semântica e Pragmática do Português, no 1º, 2º e 3º ciclos, bem como Linguística Portuguesa e Estruturas da Língua Portuguesa no quadro do Curso Anual de Língua e Cultura Portuguesas para Estrangeiros da FLUC. Foi codiretora do mestrado em Linguística: Investigação e Ensino e é codiretora do Doutoramento em Linguística do Português. Foi coordenadora científica do CELGA entre 1999 e 2001 e integra atualmente, como investigadora, a linha temática Português em Contacto, o projeto Marcadores Discursivos e(m) Tradução, e, como consultora, o projeto Manuais de PLE.


Edição
2
Prazo de candidatura
30 de janeiro de 2020
Início do curso
18 de fevereiro de 2020
Fim do curso
23 de junho de 2020
ECTS
4
Duração
104 horas
Tipo de formação
Não conferente de grau (Formação Contínua)
Modalidade de formação
Ensino a Distância
Área de interesse
Línguas e Literaturas Estrangeiras
Preço
400,00 €