Pós-Graduação em Gestão Autárquica e Modernização: Os nossos desafios do poder local



Mário do Carmo (Coordenação)

Licenciado em História (1984), mestre em História Regional e Local (1999) e doutorado em História Contemporânea (2006), pela Universidade de Lisboa-Faculdade de Letras. Foi assessor da Secretaria-Geral da Presidência do Conselho de Ministros (1988-1998); Diretor-geral das Florestas (2006/2008), no Ministério da Justiça (2008/2009). Foi Diretor Adjunto do Estabelecimento Prisional de Tires (1997-1998) e do Hospital Prisional de Caxias (1999). Foi investigador sabático no INA (2000-2002) e atualmente é investigador integrado no Centro de História da Universidade de Lisboa. Foi professor auxiliar na Universidade Moderna (1990-2004) nos cursos de Organização e Gestão de Empresas, Investigação Social Aplicada e Psicopedagogia Curativa; na mesma universidade, coordenou a pós-graduação em Gestão da Caça e Turismo da Natureza (2003‐2004). No INA, coordenou uma ação de formação aos técnicos do IFADAP-INGA sobre Políticas de Gestão de Caça (2004). É autor de diversos trabalhos/artigos científicos na área do mundo rural. Na Universidade Aberta, UALV, foi coordenador/professor de cursos de pós-graduação e de cursos de curta duração. Atualmente é técnico superior na Secretaria Geral de Educação e Ciência e acumula funções docentes, como professor convidado e membro da coordenação, nas Pós-graduação em Gestão Autárquica e Modernização: Os Novos Desafios do Poder Local e Administração e Politicas Públicas.


David Ferraz

David Ferraz é dirigente intermédio no INA (Direção Geral da Qualificação dos Trabalhadores em Funções Públicas), onde também desempenhou funções de direção na área da formação em Gestão e Administração Pública. É Professor Auxiliar Convidado no ISCTE-IUL, docente na Universidade Aberta e investigador convidado do Centro de Administração e Políticas Públicas (CAPP) do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP-UTL), integrando o Grupo de Investigação em Ciência da Administração. É doutorando em Políticas Públicas no ISCTE-IUL, mestre em Administração e Políticas Públicas (ISCTE-IUL - 2008) e licenciado em Gestão e Administração Pública (ISCSP-UTL - 2004). É diplomado pelo Curso de Estudos Avançados em Gestão Pública (CEAGP - 2006), especialização em Desenvolvimento Organizacional, Liderança e Gestão de Pessoas e pelo Curso de Formação em Gestão Pública (FORGEP - 2012) do INA.


José Fontes

Investigador científico integrado do Centro de Administração e Políticas Públicas/ISCSP (Universidade de Lisboa). Colabora ainda como investigador no Centro de I&D sobre Direito e Sociedade da Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa, no Centro de Investigação da Academia Militar, e no Observatório Político — Plataforma de Investigação em Estudos Políticos. Eleito Académico de Número da Academia Internacional da Cultura Portuguesa (2014) onde foi Académico Correspondente desde 2011. Exerceu as funções de secretário-geral do Conselho Nacional de Avaliação do Ensino Superior, de secretário-geral adjunto da Academia Internacional da Cultura Portuguesa e de secretário do Instituto de Altos Estudos da Academia de Ciências de Lisboa para os setores do Seminário Permanente dos Jovens Cientistas e do Ensino Sénior. Autor de vários livros e artigos designadamente sobre Ciência Política, Direito Constitucional, Direito Internacional, Administração Pública, Direito Administrativo e Direito e Segurança.


Luís Filipe Cracel Viana

Exerce atualmente os cargos de subdiretor-geral na Direção-Geral do Orçamento e de Responsável Técnico da Unidade de Implementação da Lei de Enquadramento Orçamental. É membro do Comité de Normalização Contabilística Pública da Comissão de Normalização Contabilística e do Consultative Advisory Group do International Public Sector Accounting Standards Board. É docente no ensino superior e formador na área da Gestão Financeira Pública. É mestre em Ciências Empresariais, especialização em Contabilidade, pela Faculdade de Economia do Porto. É autor de publicações nas áreas da Contabilidade e Fiscalidade, bem como de diversas comunicações em conferências e seminários.


Ana Paula Martinho

Professora Auxiliar na Universidade Aberta desde 2012, é Doutorada em Engenharia do Ambiente (Sistemas Naturais) na Universidade Nova de Lisboa, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Portugal (2003), Mestre em Engenharia Sanitária na Universidade Nova de Lisboa, Faculdade de Ciências e Tecnologia (1999) e Licenciada em Engenharia do Ambiente pela FCT-UNL, Portugal (1993). É coordenadora da licenciatura em Ciências do Ambiente da Universidade Aberta e participa como expert e tutora no European Virtual Seminar in Sustainable Development. As suas áreas de investigação e ensino são: Avaliação de Impacte Ambiental; Gestão Integrada de Resíduos; Gestão de Ecossistemas, Avaliação de Risco Ambiental, Ética Ambiental e para a Sustentabilidade, e-learning no Ensino das Ciências do Ambiente. É investigadora no Centro de Administração de Políticas Públicas no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa e colabora com o Laboratório LEAD da Universidade Aberta. É revisora de varias revistas científicas internacionais e livros. Orienta vários estudantes de doutoramento e tem artigos publicados em revistas ISI, em capitulo livros e em anais de conferencias internacionais.


Nuno Cunha Rolo

Doutorando em Políticas Públicas, (tema: políticas europeias de gestão pública, ISCTE-IUL), mestre em Administração e Políticas Públicas (tema: gestão de recursos humanos na administração pública, ISCTE-IUL) e licenciado em Direito (Ciências Jurídico-Políticas, UAL). Possui ainda DEA em Políticas Públicas, DEA em Gestão Pública, Diploma de Especialização em Liderança e Gestão de Pessoas, Curso do FORGEP e CEAGP, entre outros cursos de pós-graduação e formação, como mini-MBA em Gestão de Recursos Humanos. Exerce funções públicas, trabalhou em diversas instituições e organismos públicos (Ministério das Finanças e Administração Pública, Ministério da Reforma do Estado e da Administração Pública, Ministério da Ciência e Tecnologia, Assembleia da República, Instituto Superior Técnico), como técnico, dirigente, formador ou consultor, incluindo de âmbito internacional (UE/OCDE). É autor de algumas publicações no âmbito do direito, governação e administração pública. É ainda árbitro administrativo na CAAD e presidente da AIGOV (Instituto para a Boa Governação, Gestão e Inovação Social).


Pedro Pereira

Doutorado em Geologia (Paleontologia e Estratigrafia) (2008), Mestre em Geologia Dinâmica (Geologia Dinâmica Externa) (1997) e Licenciado em Geologia (1993) pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, é docente do Departamento de Ciências e Tecnologia, da Universidade Aberta, lecionando unidades curriculares de 1º e 2º ciclo, das áreas das Ciências da Terra e do Ambiente. É vice-coordenador do Mestrado em Cidadania Ambiental e Participação. As suas áreas de investigação científica são a paleontologia de equinodermes, a avaliação dos impactes da extração de recursos minerais e o ensino da geologia em contexto de Elearning. Pertence ao corpo editorial da Revista Tocantinense de Geografia, da Universidade Federal do Tocantins, Brasil, e é revisor de diversas revistas científicas e livros internacionais. Orientador de vários estudantes de mestrado e doutoramento e arguente de provas de mestrado e doutoramento, tem diversos artigos publicados em revistas, capítulos de livros e anais de conferências internacionais.


Susana Maria de Oliveira e Silva

Doutoranda parte curricular concluída, do programa Doutoral em Contabilidade da Universidade do Minho e Universidade de Aveiro, iniciado no ano letivo 2014-2015. Aprovado o título de especialista, na área científica de Contabilidade Pública pela Ordem dos Técnicos Oficias de Contas (OTOC) em 2013. Aprovado o título de especialista, na área científica de Contabilidade Pública, com tese defendida em Março de 2012, atribuído pelo Instituto Politécnico do Cávado e do Ave. Pós-Graduação sobre o “Novo Sistema de Normalização Contabilístico das Administrações Públicas (SNC-AP)” pelo Instituto Politécnico do Cávado e do Ave, num total de 182 horas. Mestrado em Contabilidade e Auditoria, pela Universidade do Minho. Licenciatura em Gestão de empresas, pela Universidade do Minho. Diretora de Serviços, responsável pelo departamento administrativo e financeiro dos Serviços de Acção Social da Universidade do Minho. Atualmente e desde o ano letivo 2010-2011 docente convidada do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA).


Edição
8
Início do curso
21 de outubro de 2019
Fim do curso
31 de julho de 2020
ECTS
60
Duração
1560 horas
Tipo de formação
Não conferente de grau (Pós-Graduação)
Modalidade de formação
Ensino a Distância
Área de interesse
Gestão Autárquica; Modernização Administrativa; Administração Local; Administração e Direito Autárquico; Gestão dos Recursos Humanos, Gestão Pública, Contabilidade, Ambiente, Educação, Desporto, Gestão Financeira, Património, Ciência e Cultura, Ação Social e Proteção Civil.
Preço
1100,00 €